29.09.2018 | 09h22

Fracasso voluntário

Na democracia, se o conjunto da sociedade toma uma decisão que potencialmente pode levar o País ao abismo, não há como evitar. Assim Helio Schwartsman começa sua coluna na Folha, em que prevê dificuldades enormes para o futuro presidente, dado o estrangulamento da condição fiscal, e um impasse estrutural que impede o aumento de produtividade, graças a questões como a educação precária.

“Quanto a meus filhos, tenho procurado dar-lhes uma educação que os habilita para, se quiserem, fazer carreira no exterior. Eu seria um mau pai se, podendo, não lhes desse essa opção. Mas é sempre um péssimo sinal quando aqueles que recebem uma educação de boa qualidade desistem do país”, escreve.


VOLTAR PARA O ESTADÃO