06.03.2019 | 11h03

Forças Armadas como bucha de canhão?

A colunista Miriam Leitão fala em sua coluna de hoje no Globo da simbiose entre o governo e a farda. Essa união foi “natural e coerente” até aqui. Mas, os poucos meses de gestão já indicam que o entorno familiar do presidente da República não tem noção do que é governar, diz a jornalista, preferindo o cultivo das discordâncias. “Essa cultura do conflito não faz bem à imagem das Forças Armadas, que precisam ser vistas como instituições de todo o país, e não de uma facção política e ideológica”, acrescenta. A colunista conclui que “o risco é virarem bucha de canhão nas guerras que interessam apenas ao bolsonarismo”.


VOLTAR PARA O ESTADÃO