25.04.2018 | 16h48

Força-tarefa cuspindo marimbondo

A Procuradoria-Geral da República deixou claro hoje que não gostou nada da decisão da Segunda Turma do STF de enviar conteúdos de delações da Odebrecht sobre Lula à Justiça Federal em São Paulo.

A força-tarefa da Lava Jato avalia até uma eventual apresentação de embargos de declaração à Segunda Turma para pedir esclarecimentos. “Tal decisão não tem qualquer repercussão sobre a competência desse douto juízo para processar e julgar a presente ação penal”, dizem seus procuradores.


Mais conteúdo sobre:

Lava Jato
VOLTAR PARA O ESTADÃO