06.04.2018 | 06h29

Fim da farra

Não há nada a comemorar nem a chorar com a iminente prisão de Lula. Em sua coluna no Estadão, Eliane Cantanhêde lembra a “biografia vibrante” do ex-presidente, que chegou à Presidência vencendo a miséria e dela saiu com 80% de aprovação.

Mas o processo, lembra ela, seguiu todos os trâmites legais. “A prisão de Lula, aliás, é um aviso: quem comete crimes que ponha as barbas de molho. Fim da farra.”

 


VOLTAR PARA O ESTADÃO