08.09.2018 | 09h32

Filhos e Mourão vão ‘cobrir’ Bolsonaro

Com o presidenciável Jair Bolsonaro em recuperação, afastado do corpo a corpo da campanha após ser esfaqueado na quinta-feira, 6, os filhos do candidato deverão se dividir para assumir compromissos do pai, segundo reportagem do Globo. As agendas do deputado estadual Flávio Bolsonaro, que disputa o Senado no Rio, e Eduardo Bolsonaro, que busca a reeleição para a Câmara dos Deputados por São Paulo,  passarão a ser mais nacionalizadas. Eles vão participar, por exemplo, de jantares e encontros que contariam com a presença de Bolsonaro.

O General Hamilton Mourão, vice de Bolsonaro, também deve “cobrir” compromissos do candidato. O PRTB, partido de Mourão, informou que pretende ampliar o número de seguranças em apoio ao general e que as estratégias de proteção estão sendo alinhadas com o PSL. Também estão sendo reavaliadas as medidas de segurança dos filhos de Bolsonaro. / J.F.


VOLTAR PARA O ESTADÃO