12.05.2019 | 14h41

FHC irrita governistas e é defendido por Dino

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso irritou os defensores da atual reforma da Previdência ao opinar sobre o que deveriam ser as prioridades da PEC. O secretário especial da Previdência e Trabalho, Bruno Bianco Leal, respondeu ao tucano lembrando que no governo dele já se buscava um sistema por idade, não por tempo de contribuição. “Diferente do seu governo, nós vamos conseguir! Não dê palanque para equivocados”, escreveu.


 

A líder do governo no Congresso, Joice Hasselmann, também chiou. “Seu governo tentou e fracassou”, disse a deputada. Ao final, quem foi defender FHC foi o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB). “Fernando Henrique faz uma ponderação importante: temos que sempre proteger os mais pobres e ter olhar redistributivo. Nenhuma sociedade se desenvolve mantendo ou ampliando desigualdade.”

 

VOLTAR PARA O ESTADÃO