18.10.2018 | 08h04

FGTS menos engessado

A equipe econômica que trabalha no programa de Jair Bolsonaro estuda ampliar as possibilidades de investimento dos recursos do FGTS para que o beneficiário possa investi-lo em outras aplicações no mercado de capitais, visando a complementação futura da aposentadoria, ou sacá-lo em caso de desemprego.

Reportagem do jornal O Globo apresenta o estudo que daria ao cotista maior autonomia para gerir os recursos, que hoje são usados pelo governo como instrumento de política econômica.


VOLTAR PARA O ESTADÃO