09.07.2018 | 16h16

Férias vão atrasar recursos de Lula

O recesso do Judiciário, que atinge o STJ e o STF (e não o TRF-4, por exemplo), vai atrasar os planos da defesa de Lula. O advogado Cristiano Zanin Martins disse nesta segunda-feira, 9, que vai entrar com recursos da decisão que manteve o ex-presidente preso nos tribunais superiores, mas isso só deve ser apreciado em agosto.

“Agora aguardamos recursos que foram dirigidos aos tribunais superiores. A nossa expectativa é que o pedido cautelar seja julgado em agosto para garantir a liberdade plena do presidente Lula”, disse Zanin.


VOLTAR PARA O ESTADÃO