09.07.2018 | 12h52

Favreto e Damous: juntos em manifesto de 2010

Rogério Favreto, o desembargador que concedeu habeas corpus depois revogado a Lula, e Wadih Damous, político petista signatário do pedido de soltura, endossaram em conjunto um manifesto em 2010 em que defendiam a liberdade para que o petista, então presidente, se manifestasse em favor de Dilma Rousseff, sua candidata. A parceria antiga foi lembrada pelo Jota, que revisitou o episódio.


VOLTAR PARA O ESTADÃO