28.05.2018 | 12h30

Fantasma da ‘conta-petróleo’

Ao subsidiar o preço do diesel, o governo federal espanta investidores interessados nas refinarias, já que cria uma instabilidade jurídica sem garantia de que a União fará os repasses à Petrobrás, dizem economistas ouvidos pelo Globo.

Para eles, a medida representa a retomada da “conta-petróleo”, mecanismo que existia antes da abertura do mercado de combustíveis. Um dos economistas afirma que “a chance de dar errado é muito grande, pois o governo não tem dotação orçamentária para isso”.


Mais conteúdo sobre:

conta-petróleo
VOLTAR PARA O ESTADÃO