08.09.2018 | 19h59

Família do candidato pede segurança

Contrariado, presidente do PSL, Gustavo Bebianno, afirmou neste sábado, 8, que a PF não poderá oferecer segurança à família de Jair Bolsonaro (PSL) porque o direito se restringe aos candidatos, informa o G1. Segundo ele, a mulher do presidenciável está “muito transtornada” e que, pelo atentado contra o candidato, a PF deveria atender ao pedido da família.


Mais conteúdo sobre:

Jair BolsonaroGustavo BebiannoPSLPF
VOLTAR PARA O ESTADÃO