18.04.2018 | 18h35

Falta explicar a carabina

Réu por corrupção passiva pelo STF, o primo de Aécio Neves (PSDB-MG), Frederico Pacheco de Medeiros, tem audiência marcada no dia 22 de maio na 12.ª Vara Criminal de Belo Horizonte para responder a processo por porte ilegal de arma de fogo.

Em maio do ano passado, a Polícia Federal apreendeu uma carabina .38 na fazenda de sua propriedade em Cláudio (MG) com registro vencido em nome de Valdir Ovidio de Paula. Aécio é acusado de pedir R$ 2 milhões a Joesley Batista. Os valores teriam sido repassados a Frederico.


VOLTAR PARA O ESTADÃO