23.04.2018 | 09h17

Fake news nos grupos de família

Os grupos de família foram responsáveis pela circulação de metade das notícias falsas sobre Marielle Franco no WhatsApp, indica pesquisa do Monitor do Debate Político no Meio Digital, da USP (Universidade de São Paulo).

Reportagem da BBC Brasil ressalta que não se sabe a proporção de cada tipo de grupo no aplicativo – família, amigos, colegas de trabalho, entre outros. Mesmo assim, o ambiente familiar no app foi, em números absolutos, o maior veículo de transmissão de notícias falsas após o assassinato da vereadora.


Mais conteúdo sobre:

MarielleMarielle Franco
VOLTAR PARA O ESTADÃO