28.08.2018 | 18h26

Fachin nega liberdade a Cunha

O ministro Edson Fachin, do STF, negou dois pedidos de liberdade formulados pela defesa de Eduardo Cunha, informa o Estadão.

O objetivo da defesa de Cunha era derrubar duas prisões decretadas em casos distintos, sob a alegação de que o emedebista estaria sofrendo “constrangimento ilegal” em virtude do encarceramento.


Mais conteúdo sobre:

eduardo cunhaEdson FachinSTF
VOLTAR PARA O ESTADÃO