12.11.2018 | 19h59

Facebook e Twitter: ‘Bolsonaro não impulsionou conteúdo’

O Facebook e o Twitter informaram ao TSE nesta segunda-feira, 12, que as contas oficiais do presidente eleito Jair Bolsonaro nas duas plataformas não contrataram impulsionamento de conteúdo durante a campanha. Segundo o Blog do Fausto, do Estadão, as informações foram encaminhadas ao TSE no âmbito da prestações de contas de Bolsonaro, que serão analisadas em breve.

Na semana passada, o ministro Luís Roberto Barroso, relator da prestação de contas, determinou que as principais plataformas (Google, Facebook, Twitter, Instagram e WhatsApp) apresentassem em 3 dias dados sobre a contratação ou não de impulsionamento de conteúdos a favor de Bolsonaro. O impulsionamento é permitido pela legislação e considerado gasto eleitoral. / J.F.

 


VOLTAR PARA O ESTADÃO