01.10.2018 | 20h40

‘Facada não mexeu em votos de Bolsonaro’

A facada que Jair Bolsonaro tomou no dia 6 de setembro em Juiz de Fora (MG) não alterou as intenções de voto no presidenciável do PSL, avalia o presidente do Ibope, Carlos Montenegro. Para o Broadcast Político, Montenegro afirmou que o que pode alterar o quadro de Bolsonaro são fatos como repercussão das acusações da ex-mulher de Bolsonaro e as declarações do vice Hamilton Mourão sobre o 13º salário e o bônus de férias.

“Eu acho que a facada não mudou o quadro eleitoral, acho que ninguém vai votar nele por causa da facada, a rejeição que tinha a ele continuou, até a manutenção do número (porcentual) dele por algum tempo mostra que não tirou votos nem cresceu, só reduziu o ódio”, afirmou a jornalistas após almoço na Associação Comercial do Rio de Janeiro (ACRJ).


VOLTAR PARA O ESTADÃO