22.10.2018 | 16h05

Eymael desiste de neutralidade

As declarações de Eduardo Bolsonaro sobre o Supremo acabaram com a neutralidade de José Maria Eymael. O candidato à Presidência pelo DC disse que a fala do filho de Jair Bolsonaro, afirmando que basta um cabo e um soldado para fechar o STF “afasta qualquer possibilidade de neutralidade”.

“Proponho ao candidato a presidente Fernando Haddad que ultrapasse as fronteiras do PT e firme com as lideranças político-partidárias democráticas do País, o pacto nacional pela democracia no Brasil”, postou hoje em suas redes sociais. /M.M.


Mais conteúdo sobre:

Eymael
VOLTAR PARA O ESTADÃO