05.03.2019 | 18h59

Expectativa alta do setor de previdência privada

Um grupo de interesse também aguarda com expectativa a aprovação da reforma da Previdência: a Federação Nacional de Previdência Privada e Vida (FenaPrevi). Segundo a entidade, o setor de previdência privada aberta amargou a perda de 224 mil participantes no ano passado, ainda que as reservas dos planos tenham crescido 10,54% no ano passado frente a 2017, totalizando R$ 836 bilhões. Além da saída de pessoas do sistema, a captação entre os clientes ativos também caiu mais de 30% em relação da 2017.

“Dependendo do novo teto (de idade), do tipo de reforma e o prazo, temos um mercado que vai apontar para um potencial de crescimento”, disse Jorge Nasser, novo presidente da entidade, ao Estadão.


Mais conteúdo sobre:

previdência privadaFenaPrevi
VOLTAR PARA O ESTADÃO