08.08.2018 | 12h38

Excessos em investigações

“Quatro anos após a estreia da Lava Jato, até políticos que sempre apoiaram a operação admitem que é hora de falar de excessos”, avalia Bruno Boghossian na Folha.

O colunista analisa reações de políticos sobre o trabalho de órgãos de investigação e nota que mesmo figuras que não costumavam falar em excessos já mudam o discurso, como Ana Amélia (PP), Jair Bolsonaro (PSL) e Alvaro Dias (Podemos).


VOLTAR PARA O ESTADÃO