15.11.2018 | 12h23

Europa com pé atrás

A escolha de Ernesto Araújo como novo ministro das Relações Exteriores foi recebida com cautela nos gabinetes da União Europeia em Bruxelas, informa o correspondente do Estadão Jamil Chade. “A UE e o Brasil tem uma parceria de longa data na esfera internacional em muitas áreas, tais como paz e segurança, comércio, ciência e tecnologia, energia, clima e direitos humanos”, diz nota emitida pela Comissão Europeia.

Textos anti-globalização e com críticas a instituições como a UE e ao “vazio cultural” representado pela Europa hoje circularam em Bruxelas e causam preocupação na comunidade europeia de que o Brasil se alinhe a um grupo de países que questionam o bloco.


VOLTAR PARA O ESTADÃO