01.09.2018 | 19h12

‘Eu não gosto de mulher? Só se eu fosse gay’

Jair Bolsonaro concedeu uma entrevista no Rio Grande do Sul, publicada neste sábado em seu canal do YouTube, em que esmiúça alguns dos temas de sua entrevista ao Jornal Nacional, só que “sem amarras”. Respondeu da seguinte forma à imputação de que seria contra as mulheres: “Eu não gosto de mulher? Só se eu fosse gay”.

Insistiu no tema do livro suíço “Aparelho Sexual e Cia.”, esgotado no Brasil, exibindo suas páginas e associando sua suposta exposição a crianças à prática de pedofilia. Aproveitou para associá-lo ao educador Paulo Freire, morto em 1997. Em seguida passou a falar, sem nenhuma conexão aparente, em mudar a Constituição.


VOLTAR PARA O ESTADÃO