30.11.2018 | 14h37

‘Eu calço 42’, diz Bolsonaro sobre Pezão

Um dia após a prisão do governador do Rio, Luiz Fernando Pezão (MDB), o presidente eleito, Jair Bolsonaro, disse que, se o político for culpado pelos crimes dos quais é acusado, não lamenta a prisão.

“Eu calço 42. Cada um que pague pelos seus crimes”, disse Bolsonaro ao ser questionado sobre a prisão de Pezão.”É um processo que se inicia, mas em sendo culpado não tenho nada a lamentar, tenho apenas a cumprimentar a Polícia Federal e outros órgãos que têm chegado ao final da linha e desvendando muitos nichos de corrupção”, informou o Broadcast Político.


VOLTAR PARA O ESTADÃO