28.08.2018 | 18h39

Estúdio de gravação na PF em Curitiba?

Lula já não conseguiu participar das sabatinas, não foi autorizado a estar nos debates, perdeu ao requerer que as televisões cobrissem a campanha de seus “vices” enquanto ele está preso e agora tenta permissão do TSE para gravar o horário eleitoral. Na última segunda-feira, a defesa do ex-presidente pediu à Justiça Eleitoral que seja reconhecido que Lula tem o direito gravar imagens para exibição na propaganda eleitoral em rádio e TV.

A defesa alega que o ex-presidente não perdeu seus direitos políticos ao ser condenado pelo TRF-4 no caso do tríplex do Guarujá. Os advogados querem uma liminar e que o TSE informe ao Superintendente da Polícia Federal no Estado do Paraná que as providências logísticas sejam tomadas para permitir as gravações.


Mais conteúdo sobre:

LulaPFPTTSE
VOLTAR PARA O ESTADÃO