25.08.2018 | 14h41

Estratégia contra os ‘traíras’ de Alckmin

Para tentar driblar as traições contra Geraldo Alckmin, os diretórios estaduais do PSDB vão operar, com apoio do DEM, como “comitês regionais” de campanha do tucano.  O objetivo, segundo o Estadão, é coordenar e supervisionar o trabalho dos demais partidos que formam a coligação de Alckmin. A estratégia é vista como crucial para aumentar a popularidade do ex-governador de São Paulo no Nordeste,  onde o PT tem força e o ex-governador paulista alcança apenas 4% das intenções de votos.

Dono da coligação formada pelo maior número de partidos, Alckmin não tem visto sua chapa ser apoiada pelo País afora. Os partidos do Centrão – bloco formado por DEM, PP, Solidariedade, PR e PRB – liberaram seus diretórios para formar coligações locais conforme seus interesses. Por isso, em diversos Estados, sobretudo os nordestinos, líderes dessas siglas apoiam outros candidatos à Presidência. / J.F.


VOLTAR PARA O ESTADÃO