29.03.2018 | 14h58

‘Estou do lado da verdade’

Edinho Araújo, ex-secretário dos Portos e outro aliado de Michel Temer investigado no inquérito sobre o decreto do setor, diz que se apresentou espontaneamente para esclarecimentos à Polícia Federal.

Nega favorecimento a empresas e diz que todas as ações de sua gestão na pasta foram discutidas com órgãos de controle. “Não me furto a esclarecimentos porque estou do lado da verdade”, disse, em nota.


VOLTAR PARA O ESTADÃO