08.01.2019 | 17h41

‘Estado foi criminoso quando desarmou o cidadão’

Jair Bolsonaro voltou a tocar em um dos seus temas favoritos em seu Twitter: as mudanças nas regras para a posse de armas de fogo. O presidente replicou uma fala do ministro Carlos Alberto Santos Cruz, onde ele defende que o tema não é relacionado à Segurança Pública, mas ao direito a legítima defesa.


“O Estado foi criminoso quando desarmou o cidadão sem condições de desarmar o bandido. Isso não está relacionado só à segurança pública, mas a um princípio de legítima defesa de liberdade individual. Da sua liberdade de defender o seu patrimônio e sua vida”, disse Santos Cruz na fala citada por Bolsonaro. Quem falou algo mais de concreto sobre o tema foi o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni. Ele disse em entrevista para a TV Globo que o decreto que irá flexibilizar a posse de armas de fogo deve sair até a próxima semana.

VOLTAR PARA O ESTADÃO