26.09.2018 | 15h27

Estabilidade econômica e política em xeque

“Democracias frágeis têm instituições frágeis. É por isso que algumas transições são marcadas por turbulências”, escreveu Cristiano Romero no Valor.

O colunista traça a trajetória política do Brasil desde a ditadura militar até o atual período eleitoral para dizer que há poucos anos seria inimaginável chegar numa eleição presidencial duvidando da estabilidade econômica e política conquistada ao longo de 33 anos de redemocratização.


VOLTAR PARA O ESTADÃO