07.11.2018 | 11h36

Esquerda murchou?

Numa eleição em que o crescimento da direita chamou atenção, os cinco principais partidos de esquerda no País – PT, PCdoB, PSOL, PDT e PSB – elegeram 25% menos representantes em relação a 2010, melhor momento dessas siglas nas urnas.

Levantamento do Estadão mostra que, em 2018, a esquerda levou 393 nomes para governos estaduais, Câmara, Senado e Assembleias Legislativas nos Estados. Em 2010, esse número havia batido em 527. O PT foi a sigla com maior redução: neste ano, elegeu 149 nomes, 41% menos comparado a 2010, quando fez 255.


VOLTAR PARA O ESTADÃO