29.07.2018 | 13h16

Esqueceram do Cabral e do MDB

Apesar do discurso forte a favor da recuperação da segurança pública do Estado, o ex-prefeito do Rio Eduardo Paes (DEM) “esqueceu” de sua relação política com Sérgio Cabral durante o lançamento da candidatura ao governo local.

Paes e Cabral eram companheiros políticos no antigo PMDB (hoje MDB). Cabral está preso hoje depois de sofrer várias condenações pelas irregularidades cometidas à frente do governo do Rio. Depois do escândalo e da prisão de Cabral e de outros integrantes do governo, Paes deixou o PMDB e tenta se desvencilhar da pesadíssima herança negativa do antigo aliado. /M.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO