10.08.2018 | 11h03

‘Espírito de Luislinda’ no STF

“O espírito de Luislinda Valois, a ministra que queria receber acima do teto, parece ter baixado no Supremo”, escreve Bernardo Mello Franco no Globo.

A aprovação da Corte pelo reajuste dos salários dos ministros foi, segundo o colunista, um sinal do deslocamento de poder da presidente Cármen Lúcia para o futuro ocupante do cargo, Dias Toffoli. “Ao que tudo indica, a gestão do ministro será mais sensível ao lobby das associações de magistrados.”


VOLTAR PARA O ESTADÃO