29.03.2019 | 18h03

‘Escritório avançado não é transferência da Embaixada’

Com Jair Bolsonaro acenando com a abertura de um escritório comercial do Brasil em Jerusalém, como uma espécie de primeiro (e talvez único) passo na transferência da embaixada em Israel, integrantes da bancada evangélica já cobram a manutenção da promessa feita durante a campanha.

“Estou ansioso para ver o cumprimento do compromisso com os evangélicos e com os judeus da transferência da Embaixada do Brasil em Israel para Jerusalém. Eu tenho convicção que o Presidente Jair Bolsonaro é um homem de palavra!”, escreveu o deputado federal Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ) nas suas redes sociais. E acrescentou: “escritório avançado não é transferência da Embaixada”. /M.M.


Mais conteúdo sobre:

Sóstenes Cavalcante Israel
VOLTAR PARA O ESTADÃO