15.11.2018 | 14h36

Ernesto deixa petistas de cabelo em pé

Se Jair Bolsonaro queria uma nomeação para seu time ministerial que cutucasse no calo do PT, conseguiu. A indicação de Ernesto Araújo deixou os petistas de cabelo em pé. O partido emitiu uma nota, assinada pela senadora Gleisi Hoffmann, pelo líder do PT no Senado, Lindbergh Farias e pelo líder na Cãmara, Paulo Pimenta, dizendo que “vê com apreensão” o convite. Eles chamam Araújo de ” relativamente inexperiente” (apesar dos 29 anos de experiência como diplomata) e de “opção ideológica que apequenará ainda mais o Brasil no concerto das nações”.

Outro petista “horrorizado” com a escolha de Bolsonaro foi o ex-chanceler, Celso Amorim. “Ele (Araújo) escapa a qualquer possibilidade de comentário. Não é retrocesso. É retorno à Idade Média”, disse ao jornal O Globo.


Mais conteúdo sobre:

PTErnesto Araújo
VOLTAR PARA O ESTADÃO