03.07.2018 | 11h39

Equilíbrio contra o populismo

“Tenho para mim que a prioridade, mais do que defender algum candidato específico, seja impedir que dois populistas avancem para o segundo turno”, escreve Joel Pinheiro da Fonseca na Folha. O colunista avalia que é preciso responsabilidade do eleitor para viabilizar candidaturas moderadas, mesmo que menores, ainda no primeiro turno.


VOLTAR PARA O ESTADÃO