24.04.2018 | 06h46

‘Envelope grosso’ no caminho de Temer

Um dos amigos de Michel Temer investigados na operação Skala, José Yunes, disse à Polícia Federal que contou ao presidente sobre o “envelope lacrado grosso” que lhe foi entregue pelo doleiro Lucio Funaro, a pedido do ministro Eliseu Padilha, informa o Estadão.

A entrega, que Funaro diz ser de propina, ocorreu em 2014. Yunes vai se mostrando um amigo que fala demais. Ele já tinha dito ter relatado a Temer em detalhes o encontro com Funaro, a quem descreveu como uma “figura delinquencial”.

 


VOLTAR PARA O ESTADÃO