28.10.2018 | 18h30

Entraves por receita extraordinária

Negociações e trâmites legais para colocar de pé leilões públicos podem atrasar os planos do próximo presidente de remendar as contas públicas em 2019, informa o Estadão. A equipe de Michel Temer ambicionou as receitas do leilão das áreas excedentes da cessão onerosa do pré-sal, mas não conseguiu. Esbarrou na dificuldade de chegar a um acordo de preço com a Petrobrás e na demora em esclarecer pontos para o TCU. O mesmo ocorreu com as concessões de infraestrutura. Temer obteve êxito em apenas uma pequena parte do pacote planejado.


VOLTAR PARA O ESTADÃO