06.04.2018 | 13h03

Enquanto isso, na Coreia do Sul…

Enquanto o Brasil acompanha o pedido de prisão do ex-presidente Lula, na Coreia do Sul a ex-presidente Park Geun-hye foi condenada a 24 anos por acusações de abuso de poder, coação e suborno, informa o Estadão. A sentença foi a primeira transmitida ao vivo pela TV no país e durou quase duas horas.

Park sofreu processo de impeachment em 2016 e foi a primeira líder eleita do país a ser afastada do cargo.


Mais conteúdo sobre:

Coreia do Sul
VOLTAR PARA O ESTADÃO