06.07.2018 | 17h58

Empresário quer que Moro devolva carros de luxo

O empresário Leonardo Guerra, que conseguiu deixar a prisão depois de apresentar imóveis e carros de luxo como garantia de pagamento de uma fiança de R$ 6,4 milhões, quer recuperar parte de seus bens.

Principal administrador da Rio Tibagi, subsidiária da Econorte, acusada de irregularidades em concessões de rodovias federais, Guerra pleiteia, segundo a coluna Radar, da revista Veja, a devolução de uma Land Rover Discovery, um Porsche Cayenne e três BMW (uma moto e dois carros). Ele diz que os veículos excedem o valor determinado pelo juiz Sergio Moro. / J.F.


VOLTAR PARA O ESTADÃO