04.07.2018 | 16h06

Empreiteiro quer o mesmo que Dirceu

Gerson Almada, ex-vice-presidente da Engevix, pediu ao Supremo para sair da prisão após a Corte oferecer habeas corpus ao ex-ministro José Dirceu.

Segundo a defesa do empreiteiro, “como se reconheceu em relação ao coacusado (Dirceu), que teve sua liberdade concedida, os recursos do peticionário têm o condão de reverter sua condenação ou, ao menos, rever os elevados patamares das penas que lhe foram aplicadas, com fundamento nos argumentos que, conforme se verá, se mostram igualmente plausíveis”, informa a Agência Brasil.


Mais conteúdo sobre:

Gerson AlmadaengevixJosé Dirceu
VOLTAR PARA O ESTADÃO