26.03.2018 | 06h52

Emprego fraco é ameaça para Temer

A demora da criação de vagas formais também pode ser uma âncora para a já pesada candidatura de Michel Temer. Na sexta-feira, um dos principais assessores palacianos disse ao BR18 que o presidente contava com indicadores positivos de emprego a partir do primeiro trimestre deste ano para melhorar sua popularidade e encorpar o discurso de que recuperou a economia.

Mas reportagem levada à manchete da Folha nesta segunda mostra que o emprego informal é uma ameaça para o crescimento do PIB. Estudos cruzados por consultorias mostram que o desequilíbrio na balança entre a criação de vagas informais e a perda das formais deve impactar o consumo, fator importante da retomada. /V.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO