Em vídeo, o funcionamento do esquema do ‘PTgate’

28.08.2018 | 09h50

Em vídeo, o funcionamento do esquema do ‘PTgate’

Num vídeo que está circulando nas redes sociais (veja abaixo), o apresentador — identificado pelo site O Antagonista como sendo Breno Nolasco, ex-assessor do deputado federal e candidato ao Senado Miguel Corrêa Júnior (PT-MG) — explica como funciona o esquema de propaganda de candidatos petistas nas redes sociais e a remuneração dos ativistas que teriam sido contratados pela agência La Joy, encarregada de fazer o corpo a corpo com os internautas. Nolasco é sócio da Sharing com Rodrigo Cardoso, secretário parlamentar de Corrêa Júnior e dono da BeConnected, que contratou a Lajoy.

“Vocês vão receber pontos até a 3ª geração. Isso é muito importante, para mensurar o tamanho da rede de cada um. Aí é que vai entrar a parte da remuneração”, afirma. “Nós vamos remunerar por pessoa captada. Eu, Breno, consegui 30 amigos. Como vamos remunerar R$ 3 por pessoa, vou receber R$ 90. Mas aí o Henrique conseguiu 100 pessoas e vai receber R$ 300. Como vamos ter esse controle? Vocês vão enviar o print dessa rede e lá vamos ter o número de ativistas captados e vamos remunerar vocês.” / J.F.

 


VOLTAR PARA O ESTADÃO