13.04.2018 | 11h00

Em terra de ninguém, sempre cabe mais um

A pulverização e desorganização da política brasileira explica a entrada de mais um nome na corrida presidencial, mesmo que para desistir ali na frente, como deve ocorrer com o neo sindicalista Aldo Rebelo.

Não perca a conta, já são pré-candidatos ao Planalto: Michel Temer, Henrique Meirelles, Geraldo Alckmin, Rodrigo Maia, Jair Bolsonaro, Marina Silva, Lula ou alguém do PT, Ciro Gomes, Joaquim Barbosa, Manuela D’Ávila, Guilherme Boulos, Álvaro Dias, Paulo Rabello de Castro, Aldo Rebelo, João Amoêdo, Flávio Rocha, Guilherme Afif, Fernando Collor e mais os candidatos nanicos de sempre. /M.M.


Mais conteúdo sobre:

Eleições 2018
VOLTAR PARA O ESTADÃO