30.11.2018 | 13h35

Eleito diz que pastora é ‘forte concorrente’

O presidente eleito Jair Bolsonaro aumentou um pouco mais as possibilidades de levar a advogada e pastora Damares Alves para o comando do Ministério da Família e Direitos Humanos nesta sexta, 30, em Guaratinguetá (SP), ao classificá-la de “forte concorrente”. Ele já fez o convite, mas ainda não oficializou a escolha. “É um ministério que se identifica muito com ela”, disse, segundo informa o Broadcast Político.


VOLTAR PARA O ESTADÃO