04.02.2019 | 13h49

Eleição na Alerj expõe racha na família Bolsonaro

A eleição para a Mesa e a escolha dos comandos das comissões da Assembleia Legislativa do Rio expôs um novo round da antiga disputa entre os irmãos Flávio e Carlos Bolsonaro. Sob o comando do ex-deputado estadual e agora senador Flávio Bolsonaro, 7 deputados estaduais do PSL se abstiveram na eleição do petista André Ceciliano para a presidência da Alerj, em nome de um acordo para que o partido ocupasse outros espaços na Casa. Carlos não deixou barato e criticou a estratégia no Twitter. Ele, que é do PSC, mesmo partido Wilson Witzel, não fez menção ao fato de que o acordo foi selado com o aval do governador. Criticou apenas o PSL –partido do pai e dos irmãos. / V.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO