18.09.2018 | 14h47

‘Eleição fantasmagórica’

“Esta é uma eleição fantasmagórica, e não apenas porque o principal líder de esquerda está na cadeia, impedido de disputar a eleição por ter sido condenado por corrupção, e Bolsonaro, que se tornou o líder de uma direita que parecia não existir no Brasil, estar no hospital, após ter sido esfaqueado”, escreveu Merval Pereira no Globo.

O colunista cita, além de Bolsonaro e Lula, a nossa história recente e a figura de Tancredo Neves como fantasmas que rondam essa eleição. As declarações antidemocráticas de alguns candidatos rondam a eleição e também assustam.


Notícias relacionadas

Mais conteúdo sobre:

eleiçãofantasmasLulaBolsonaro
VOLTAR PARA O ESTADÃO