26.09.2018 | 15h52

Eleição atípica

“A perplexidade que toma conta dos eleitores que não querem nem Bolsonaro nem Haddad pode produzir conseqüências no resultado final da eleição. O clima de protesto com votos nulos, em branco e abstenção pode voltar, mudando o cálculo para a eleição já no primeiro turno, pois só contam os votos válidos”, escreveu Merval Pereira no Globo.

O colunista acredita que a próxima semana desta “eleição difícil” será decisiva para definir quem termina o primeiro turno em primeiro lugar, caso nenhum deles ganhe no primeiro turno.


VOLTAR PARA O ESTADÃO