19.03.2018 | 15h36

Eduardo Paes de malas prontas para o…

Vera Magalhães

Não, não é o PSDB. O destino mais provável do ex-prefeito do Rio –espécie de sobrevivente do MDB fluminense, que viu seus principais dirigentes caírem na Lava Jato– é o PP.

Paes negocia sua filiação com o presidente nacional da sigla, Ciro Nogueira. Embarcando no PP, pode dar o palanque de que Geraldo Alckmin precisa no Rio –embora a volta ao ninho tucano, que era o plano A de Paes, tenha sido dificultada justamente pela obstinação do presidenciável de “jogar parado” e não se mobilizar para ajudar ninguém.


VOLTAR PARA O ESTADÃO