01.11.2018 | 10h13

Eduardo: Negociação só via bancada

Próximo líder do PSL na Câmara, o deputado Eduardo Bolsonaro dá a letra de como será o fluxo das negociações de interesse do Executivo na Casa, considerando que ele é filho do presidente eleito. Se depender dele, vai preferir negociar com as bancadas e lideranças partidárias, conforme afirma ao Globo.

“O partido apoia, se você der um ministério para ele. Isso a gente não quer. A gente acredita muito mais nas bancadas temáticas. Então, uma pauta do agronegócio, vai contar com o apoio da bancada da agricultura. Bancada da bala a mesma coisa”, disse. Além disso, o Congresso vai sofrer pressão do ambiente virtual. “A rede social mudou o cenário político, elegeu um presidente. Jair Bolsonaro tem que dar satisfação. É o contato dele com o povo (por meio da rede social)”, acrescenta.

 


VOLTAR PARA O ESTADÃO