28.11.2018 | 14h13

Eduardo está agora ‘convencido’

Após expressar a empresários e investidores em Washington, na terça, 27, seu temor de que a reforma da Previdência pode não ser aprovada, segundo depoimentos de participantes e áudio obtido pelo Estadão, o deputado Eduardo Bolsonaro afirmou nesta quarta, 28, pelo Twitter, que “alguém atribuiu” a ele a “falsa declaração”.

“Com interesses estranhos ao da nação, alguém atribuiu a mim essa falsa declaração, mas estou convencido de que teremos condições de aprovar a reforma. Faremos todo o necessário para viabilizá-la, conscientes de que é uma questão de enviar a mensagem certa ao povo brasileiro”, escreveu.

 


VOLTAR PARA O ESTADÃO