05.11.2018 | 16h21

Eduardo contra ‘dialeto de travestis’ no Enem

Com uma série de publicações no Twitter, o deputador federal Eduardo Bolsonaro, filho de Jair Bolsonaro, criticou uma questão da prova de Linguagens do Enem sobre o Pajubá, o “dialeto secreto” utilizado por gays e travestis. “Aviso que não é requisito para ser ministro da Educação saber sobre dicionário dos travestis ou feminismo”, afirmou.

Depois, Eduardo completou o comentário com novo post sobre o tema. “Prezados estudantes, quando vocês forem ser entrevistados para um emprego ou estiverem abrindo um empreendimento aviso: sexualidade, feminismo, linguagem travesti, machismo e etc terão pouca ou nenhuma importância”, disse. “Portanto, estude também o que lhe deixará apto para a vida.” / J.F.


VOLTAR PARA O ESTADÃO