09.08.2018 | 20h01

Reação de conservadores ao ‘patrulhamento’

Em discurso proferido na tribuna da Câmara dos Deputados na quarta-feira, 8, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho de Jair Bolsonaro, criticou a “derrubada” de páginas de direita pelo Twitter no País.

“O Twitter derrubou centenas de páginas conservadoras em sua rede social. E, quando a gente olha para o lado da esquerda, nada acontece, tudo normal”, afirmou. “O Twitter argumenta que está exigindo agora um número telefônico associado à conta. Muitos já colocaram telefone e suas contas continuam bloqueadas. Todo mundo sabe que o patrulhamento do politicamente correto está em cima dos conservadores.”


VOLTAR PARA O ESTADÃO